LiteromaQuia ::: textos de Pablo Antunes é o blog que reúne alguns dos meus textos, principalmente narrativas breves e poemas.

Acompanhe LiteromaQuia também no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "De Pernas Abertas" no Facebook

+

+
Acompanhe a fanpage do livro "Contos Perigosos" no Facebook

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

TerŞarau de 20 de dezembro

Nesta terça-feira, 20/12, realizamos a última edição do TerSarau em 2016, na qual foi prestada uma homenagem a um dos maiores poetas brasileiros com o tema: "O centenário de Manoel de Barros".  

O escritor Pablo Antunes interpretou poemas do singular poeta mato-grossense, bem como textos em versos e prosa de autores que foram influenciados por seus versos oníricos e sinestésicos repletos de "desimportâncias e grandezas ínfimas".


De maneira especial, o TerSarau foi apresentado no dia seguinte à data em que se celebrou os 100 anos de Manoel de Barros, o poeta que dedicou à natureza, à visão de mundo infantil e à sensibilidade humana o melhor do seu lirismo com um reinventar constante da realidade

Mais uma vez, ao final do nosso sarau tivemos um aprazível momento em que conversamos a respeito da poesia e da abordagem única que Manoel de Barros empregou à realidade.

Agradeço aos interessados e presentes nessa noite especial no Aroma Literário para prestigiar o evento.


Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
"O rio que fazia uma volta atrás de nossa casa" de Manoel de Barros
"Eu queria usar palavras de ave para escrever" de Manoel de Barros
"Eu tenho um ermo enorme dentro do olho" de Manoel de Barros
"Descobri aos 13 anos que o que me dava prazer" de Manoel de Barros
"XIV de Mundo de Pequeno" de Manoel de Barros
Trecho de "Com o vaqueiro Mariano" de João Guimarães Rosa
"VII de Uma didática da invenção" de Manoel de Barros
"Autorretrato Falado" de Manoel de Barros
Trecho de “Sobre dicionários e necrotérios” de Rubem Alves
"Despalavra" de Manoel de Barros
"Gorjeios" de Manoel de Barros
"Miudádivas, pensatempos" de Mia Couto
"O apanhador de desperdícios" de Manoel de Barros
"O fazedor de amanhecer" de Manoel de Barros
"Retrato do artista quando coisa" de Manoel de Barros
"À manoelês" de Pablo Antunes
"O menino que carregava água na peneira" de Manoel de Barros

Acompanhe a fanpage do TerSarau em https://facebook.com/tersarau para ver mais fotos e para ser informado a respeito das próximas edições em 2017.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

TerŞarau de 15 de novembro

Nesta terça-feira, 15, realizamos a edição de novembro do TerŞarau, na qual abordamos o tema "Contar histórias".

O escritor Pablo Antunes interpretou textos em versos e prosa de autores que compreenderam a importância de contar histórias para o desenvolvimento do que há de mais humano em nós.

Uma vez que são as histórias contadas, e não dados estatísticos ou a descrição de processos, que nos tocam emocionalmente, percorremos uma trilha por entre os conhecimentos proporcionados pela psicanálise, pelo estudo dos mitos, pelas teorias de desenvolvimento humano, pela publicidade, pelos estudos históricos, entre outros.

Como era de se esperar, tivemos um prazeroso momento compartilhando histórias e refletindo a respeito deste tema tão lúdico, pedagógico e envolvente. 

No final, mais uma vez, nos juntamos em uma agradável conversa para compartilharmos ideias, experiências e diferentes pontos de vista.



Agradeço ao público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.

Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
"Uma história em busca de quem a escute" de A. K. Ramanujan
"Pecado Original" de Álvaro de Campos (heterônimo de Fernando Pessoa)
"Igual-Desigual" de Carlos Drummond de Andrade
"Técnicas de Narrador" de Gabriel García Marquez
"Conto de Fadas" de Florbela Espanca
"Para Todo o Sempre" de Saúl Dias
"O Ferrador de Cavalos" de Lêdo Ivo
"Convite" de José Paulo Paes
"Duas histórias" de Luis Fernando Verissimo
"Estória do aparelho azul-pombinho" de Cora Coralina
"O livro sobre nada" de Manoel de Barros

O próximo TerŞarau prestará uma homenagem a um dos mais importantes poetas do Brasil. Acontecerá na terça-feira, 20 de dezembro às 19h30, apenas um dia após a data que marcaria o seu centésimo aniversário. 
Portanto, o próximo tema será: "O centenário de Manoel de Barros". Como sempre, no Aroma Literário.

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

TerŞarau de 18 de outubro

Nesta terça-feira, 18, realizamos a edição de outubro do TerŞarau. Desta vez, o tema abordado foi "O Destino".

O escritor Pablo Antunes apresentou uma seleção de poemas e textos de autores que produziram obras que abordam o porvir. Apoiados em diferentes fontes de conhecimento, tratamos e refletimos a respeito deste tema que intriga a humanidade há tanto tempo, desde a antiga civilização grega, que personificava o destino nas Moiras, três deidades que controlavam a vida de todos, até os questionamentos e afirmações de filósofos, adivinhos, psicanalistas e físicos a respeito desse assunto.

No final, mais uma vez, tivemos um edificante e prazeroso debate, em que foram compartilhadas ideias e diferentes pontos de vista.


Agradeço ao público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.

Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
"Segue o Teu Destino" de Ricardo Reis (heterônimo de Fernando Pessoa)
"Sobre o Caminho" de Eugénio de Andrade
"Destino" de Almeida Garrett
"Do Ovo de Colombo" de Mario Quintana
"Destino" de Mia Couto
"A cartomante" de Machado de Assis
"Meu Destino" de Cora Coralina
"Sozinho como todo mundo" de Charles Bukowski
"Arte de ser feliz" de Cecília Meireles
"Os Nossos Erros e o Nosso Destino" de Alexander Pushkin
"A vida" de Henfil


O próximo TerŞarau acontecerá no feriado de 15 de novembro às 19h30, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Palestra "William Shakespeare: 400 anos depois" em Gramado

Abaixo, alguns registros do Cafezinho Literário, realizado na sexta-feira, 14/10, na Biblioteca Pública Cyro Martins em Gramado, no qual palestrei a respeito do tema: "William Shakespeare: 400 anos depois".

Agradeço à toda a equipe da biblioteca e ao público que prestigiou o evento.


sábado, 15 de outubro de 2016

Temer tira a grande imprensa do vermelho

Este texto é a minha mais recente colaboração com o Observatório da Imprensa. Convido-os à leitura.

"Temer tira a grande imprensa do vermelho"
Por Pablo Antunes em 13/10/2016 na edição 923

"Há anos, cientistas políticos alertam que o pior de um presidencialismo de coalizão é a pulverização de favores a líderes políticos de diversos partidos em um troca-troca que envolve ministérios, secretarias e cargos de chefia em estatais em favor de apoio nas casas parlamentares e no aparelhamento do Estado.

A esse tenebroso cenário se soma uma outra coalizão que em nada respeita o direito do cidadão à informação e à liberdade de expressão. Desde que assumiu a presidência da república, interinamente, depois definitivamente, o governo Michel Temer elevou, sem qualquer constrangimento, as verbas publicitárias para a grande mídia oligárquica que produz as manchetes que informam e desinformam a maior parte da população brasileira. Essas empresas são: as Organizações Globo, as editoras Abril e Caras, os grupos Folha/UOL, Estadão e Band".


Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/imprensa-em-questao/temer-tira-grande-imprensa-do-vermelho/



quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Cafezinho Literário em Gramado nesta sexta-feira, 14/10



Nesta sexta-feira, 14/10 às 19h, acontecerá mais um edição do Cafezinho Literário em Gramado/RS. Terei a honra de palestrar e puxar um bate-papo sobre o tema "William Shakespeare: 400 anos depois". Sinopse do evento: No ano em que se completam 400 anos da morte do mais célebre escritor da literatura internacional, criador de famosos personagens como Hamlet, Romeu e Julieta, Otelo, Macbeth, entre outros, o Cafezinho Literário recebe o escritor e psicólogo Pablo Antunes para falar a respeito da obra e da influência dos trabalhos de William Shakespeare no mundo e no ser humano contemporâneo. Admirador declarado do dramaturgo e sonetista inglês, Pablo Antunes apresentará trechos de peças e de poemas de Shakespeare e de outros autores que se deixaram inspirar pela genialidade do bardo, além de revelar como o texto shakespeariano impacta o seu próprio trabalho. Será na Biblioteca Pública Cyro Martins (Rua São Pedro, 369, Gramado/RS).

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

TerŞarau de 20 de setembro

Nesta terça-feira, 20, realizamos a edição de setembro do TerŞarau. Desta vez, o tema abordado foi "Impermanência".

O escritor Pablo Antunes apresentou uma seleção de poemas e textos de autores que refletiram a respeito da constante mutação de tudo o que compõe o universo. Apoiados em diferentes fontes de conhecimento, tratamos dessa transitoriedade e inconstância que marcam a nossa experiência neste mundo. No final, mais uma vez, tivemos um edificante e prazeroso debate, em que foram compartilhadas ideias e diferentes pontos de vista.


Agradeço ao público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.

Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
Trecho do Cap. VIII de “Bhagavad Gita Como Ele É” de Bhaktivedanta Swami Prabhupada
Haikus de Bashô e Sengai
“Moraliza o poeta nos ocidentes do Sol a inconstância dos bens do mundo” de Gregório de Matos
“Arte poética” de Jorge Luis Borges
“Canção do dia de sempre” de Mario Quintana
“Transit” de Artur Azevedo
Trecho de “Do jeito que você gosta/Como Gostais” de William Shakespeare
“Inconstância” de Florbela Espanca
“Vive o presente” de Pablo Antunes
O III dos “Quatro sonetos de meditação” de Vinicius de Moraes
Trecho de “O Dom de Deixar Ir” de José Luís Nunes Martins
“Quando vier a primavera” de Alberto Caeiro (heterônimo de Fernando Pessoa)



O próximo TerŞarau acontecerá em 18 de outubro às 19h30, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

terça-feira, 6 de setembro de 2016

A relação sadomasoquista do brasileiro com seus políticos

Este texto é a minha mais recente colaboração com o Observatório da Imprensa.

"A relação sadomasoquista do brasileiro com seus políticos"
Por Pablo Antunes em 06/09/2016 na edição 919


"Em uma democracia plena, o poder (kratía, em grego) é exercido com o intuito de beneficiar o povo (dêmos, também em grego). Como não há um sistema perfeito, as leis precisam ser aperfeiçoadas continuamente para garantir os direitos dos cidadãos, bem como para que haja justiça dentro da sociedade.

Em uma oligarquia, na qual o governo é exercido por um grupo ou por famílias, mesmo que haja uma parcela significativa da população a lhe dar respaldo, haverá o predomínio dos interesses que garantem a continuidade no poder àqueles que o detém.

Desde a eleição indireta de Tancredo Neves, em 1985, o Brasil vive a sua versão de democracia. A Constituição Federal de 1988 e suas leis complementares e subordinadas têm sofrido constantes alterações, o que estaria de pleno acordo com o exercício parlamentar democrático; contudo, a quem essas modificações beneficiam?"


Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/interesse-publico/relacao-sadomasoquista-do-brasileiro-com-seus-politicos/



quinta-feira, 25 de agosto de 2016

TerŞarau de 23 de agosto

Nesta terça-feira tivemos mais um encontro na mais recente edição do TerŞarau. Em agosto, o tema abordado foi "A Insatisfação Humana". Textos literários em prosa e poesia foram intercalados com outros de mitologia, filosofia e psicanálise para compormos um delicioso sarau seguido por um bate-papo muito agradável e produtivo ao final, em que foram compartilhadas ideias e diferentes pontos de vista.



Agradeço ao público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
“O Suplício de Tântalo” por A. S. Franchini e Carmen Seganfredo
“Círculo vicioso” de Machado de Assis
“A Troca de Roda” de Bertolt Brecht
“Quase” de Mário de Sá Carneiro
“Ao volante do Chevrolet pela estrada de Sintra” de Álvaro de Campos
“Canção” de Allen Ginsberg
“Canção excêntrica” de Cecília Meireles
“O poeta e a poesia” de Cora Coralina
“Nenhum Animal é Insatisfeito” de Walt Whitman
“Bem no fundo” de Paulo Leminski
Trecho de “De Pernas Abertas” de Pablo Antunes
“O animal satisfeito dorme” de Mário Sérgio Cortella
“Poeminha de Insatisfação Absoluta” de Millôr Fernandes

O próximo TerŞarau será apresentado no feriado (no Rio Grande do Sul) de 20 de setembro, retornando à habitual terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:

quinta-feira, 21 de julho de 2016

TerŞarau de 19 de julho

Nesta terça-feira nos encontramos para mais uma edição do TerŞarau, que tratou do tema "Criatividade". Com textos literários em prosa e poesia, apoiados por conhecimentos da filosofia, da psicanálise e da mitologia, tivemos mais um produtivo e prazeroso debate ao final, no qual compartilhamos ideias e pontos de vista.




Agradeço ao público que compareceu ao Aroma Literário, mesmo com o frio do inverno canelense, para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
“Versículo inédito do Gênesis” de Mario Quintana
“Lenda das origens” da tradição oral africana
Trecho de “Seu indescritível gênio criativo” de Elizabeth Gilbert
Trecho de “Partida” de Mário de Sá-Carneiro
"Para fazer o retrato de um pássaro” de Jacques Prévert
Trecho do Cap. XV de “Cidadela” de Antoine de Saint-Exupéry
“Procura da poesia” de Carlos Drumond de Andrade
“Ofício de ator” de Bruna Lombardi
“agora, se você tivesse que ensinar escrita criativa, ele perguntou, o que você lhes diria?” de Charles Bukowski

“O Homem, As Viagens” de Carlos Drummond de Andrade

O próximo TerŞarau será apresentado em 16 de agosto, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário. Graças ao nosso agradável bate-papo ao final desta edição, foi definido que o próximo tema será: "A Eterna Insatisfação Humana".

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

terça-feira, 5 de julho de 2016

A armadilha das coligações partidárias

Este texto é a minha mais recente colaboração com o Observatório da Imprensa.

"A armadilha das coligações partidárias"
Por Pablo Antunes em 04/07/2016 na edição 910


"Em meio a uma enorme crise de representatividade e de descrédito na política tradicional, aproximam-se as eleições municipais, as primeiras após os remendos da reforma eleitoral de 2015. Porém, mais uma vez o eleitor está prestes a cair em uma armadilha que tem beneficiado muitos vereadores e deputados desde a redemocratização. São as coligações partidárias para o pleito proporcional, mais um capítulo da novela 'Como votar em um candidato e eleger outro'".

Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/conjuntura-politica/armadilha-das-coligacoes-partidarias/



quarta-feira, 22 de junho de 2016

O Estado de olho no ânus do cidadão

Este texto é a minha mais recente colaboração com o Observatório da Imprensa.

"O Estado de olho no ânus do cidadão"
Por Pablo Antunes em 20/06/2016 na edição 908


"Na quinta-feira, 16 de junho, na semana seguinte ao massacre na boate gay de Orlando, Flórida, EUA, a alta corte de Mombaça, cidade costeira do Quênia, julgou os exames anais coagidos em homens suspeitos de serem homossexuais legais e permitidos conforme a Constituição daquele país. Contrariando tratados internacionais de direitos humanos, o poder judiciário queniano fere a dignidade de uma minoria politicamente, ideologicamente e religiosamente perseguida de sua população ao impor abusivos testes de HIV e hepatite B, além de invasivas vistorias no perímetro e no diâmetro anal de gays."


Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/jornal-de-debates/o-estado-de-olho-no-anus-do-cidadao/



TerŞarau de 21 de junho

Ontem à noite nos encontramos para mais uma edição do TerŞarau, desta vez para tratarmos do tema "Gratidão". Com textos literários em prosa e poesia, apoiados por conhecimentos da filosofia e da psicanálise, tivemos mais um agradável debate ao final, no qual compartilhamos experiências, ideias e pontos de vista. 



Sou grato ao público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
“Gratidão” de Manuel Maria Barbosa du Bocage
“O Ponto mais Alto da Moral Consiste na Gratidão” e “A Recompensa de Todas as Virtudes Reside na Sua Prática” de Sêneca
“Canção sobre canção” de Anna Akhmatova
“Ao meu inimigo” de Lucy Maud Montgomery
“Minha Terra!” de Gonçalves Dias
“O lobo e a garça” de Esopo
“O ronron do gatinho” de Ferreira Gullar
“Tu agradeces antes de comer, muito bem” de G.K. Chesterton
Trecho da "Carta de despedida" de Oliver Sacks
“Gracias a la vida” de Violeta Parra

O próximo TerŞarau será apresentado em 19 de julho, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Acompanhe o TerŞarau e veja mais fotos na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

terça-feira, 31 de maio de 2016

Lições da operação Mãos Limpas, na Itália

Este texto é uma colaboração com o Observatório da Imprensa, um importante veículo jornalístico focado na crítica da mídia. 

"Lições da operação Mãos Limpas, na Itália"
Por Pablo Antunes em 31/05/2016 na edição 905

"A operação Mãos Limpas, a investigação que descobriu a ligação entre políticos, mafiosos e empresários italianos na década de 1990, terminou com um saldo decepcionante para quem esperava uma limpeza ética na política da Itália. À medida que os trabalhos dos procuradores começaram a alcançar os mais altos escalões do poder, novas leis que abrandavam as penas aos corruptos e dificultavam a apuração de irregularidades foram sendo aprovadas no parlamento. Com uma legislação que beneficiava corruptos e corruptores, a Itália, democraticamente, propiciou a ascensão do bilionário Silvio Berlusconi ao posto maior do parlamento daquele país. Aproximadamente um quarto de século depois, o modelo italiano foi aprendido pelos congressistas brasileiros que agem em causa própria com o avançar da operação Lava Jato".

Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/interesse-publico/licoes-da-operacao-maos-limpas-na-italia/



quinta-feira, 19 de maio de 2016

TerŞarau de 17 de maio

Na terça-feira passada, nos encontramos para mais uma edição do TerŞarau com textos literários em prosa e poesia apoiados por conhecimentos da psicologia e da psicanálise, que motivaram um agradável debate ao final, no qual compartilhamos ideias, conhecimentos e pontos de vista. O tema desta ocasião foi: "Autoestima", que, de modo geral, pode ser entendida como a maneira que uma pessoa vê a si mesma, o que abrange uma avaliação subjetiva de si, que determina se o sentimento predominante é de bem-estar ou mal-estar consigo.



Agradeço a presença do público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
“A Subjectividade do Amor-Próprio” de Voltaire
“As Pessoas Riam-se de Mim” de Fernando Pessoa
“Invictus” de William Ernest Henley
“O Auto Retrato” de Mario Quintana
“Talvez sejas tu mesmo o trem que apita e se mete debaixo” de Blanca Varela
“O mito de Narciso” de Ovídio
“Não te rendas” de Mario Benedetti
Trecho de “De Pernas Abertas” de Pablo Antunes
“Vou-me Embora pra Pasárgada” de Manuel Bandeira
“Respeite a Você Mais do que aos Outros” de Clarice Lispector

O próximo TerŞarau será apresentado em 21 de junho, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Veja mais fotos do TerŞarau na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

terça-feira, 17 de maio de 2016

Hoje à noite tem TerŞarau

Hoje à noite tem TerŞarau no Aroma Literário em Canela/RS.
O tema é a Autoestima.
Às 19h30.


Av. Osvaldo Aranha, 378, Centro, Canela/RS.
Couvert: R$ 10.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

TerŞarau de 19 de abril

Em meio ao complexo contexto político que vive a nação, nos encontramos nesta terça-feira para mais uma edição do TerŞarau. Desta vez o tema foi: "Democracia Para Quê?". Com esclarecimento, textos em prosa e poemas compartilhamos ideias, conhecimentos e impressões a respeito de um sistema de governo tão imperfeito quanto a democracia, mas, ainda assim, o mais adequado.


Agradeço a presença do público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
"Mafalda e a definição de democracia" do cartunista Quino
"Não passo em vão" de Nei Duclós
"Ode à democracia" de Walt Whitman
Trecho de "A democracia" de Fernando Pessoa
"Liberdade" de Walmir Ayala
"Justiça" de Alberto Caeiro
"V de Poemas aos homens do nosso tempo" de Hilda Hilst
"O negócio é: quantos ovos?" de Millôr Fernandes
"Os vencidos" de Antero de Quental
"Governar" de Carlos Drummond de Andrade
"Criei coragem (O povo e a democracia)" de Rubem Alves
"O povo" de Luiz Coronel

O próximo TerŞarau será apresentado em 17 de maio, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário.

Veja mais fotos do TerŞarau na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

terça-feira, 19 de abril de 2016

Hoje à noite tem TerŞarau

Nesta terça-feira, 19/04 às 19h30, o TerŞarau vai debater o tema: "Democracia Para Quê?"


No Aroma Literário (Av. Osvaldo Aranha, 378, Canela/RS).
Couvert: R$ 10.

quarta-feira, 16 de março de 2016

TerŞarau de 15 de março

Foi uma grande satisfação o nosso encontro desta terça-feira no primeiro TerŞarau de 2016, quando foi prestada uma homenagem a William Shakespeare, o maior dramaturgo de todos os tempos. No ano em que se completam quatro séculos do falecimento do autor, com o tema "Shakespeare: 400 anos depois", o TerŞarau abordou a obra e a influência desta na literatura mundial e nas artes em geral.


Agradeço a presença do público que compareceu ao Aroma Literário para prestigiar o evento.
Os poemas e textos recitados e declamados foram os seguintes:
Trechos de “Orlando” de Virginia Woolf
“To my beloved, the Author Mr. W. S. And what he hath left us” de Ben Jonson
"Soneto XVIII" de William Shakespeare
Trecho de “Romeu e Julieta” de William Shakespeare
Dedicatória de Thomas Thorpe para os sonetos de Shakespeare
"Soneto CXVI" de William Shakespeare
"Soneto CXXVII" de William Shakespeare
Trecho de “Do jeito que você gosta”/"Como Gostais" de William Shakespeare
Trecho de “Hamlet” de de William Shakespeare
Trecho de “Rei Lear” de William Shakespeare
12 telas remanescentes da Boydell Shakespeare Gallery de Londres
Trecho da ópera "Otello" de Giuseppe Verdi
“Hamlet” de Boris Pasternak
Trecho de “Ulysses” de James Joyce
"Soneto CXXXVI" de William Shakespeare


Veja mais fotos do TerŞarau na fanpage:
https://facebook.com/tersarau

O próximo TerŞarau será apresentado em 19 de abril, na terceira terça-feira do mês, no Aroma Literário em Canela/RS. 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

O crime sempre compensa para alguém

Este texto é a minha primeira colaboração com o Observatório da Imprensa, um importante veículo jornalístico focado na crítica da mídia, com presença regular na internet desde abril de 1996. Agradeço o convite feito pelo editor Carlos Castilho para que eu me tornasse um colaborador. 


"O crime sempre compensa para alguém"


"Enquanto a indústria brasileira segue em retração com a diminuição na produção e no número de encomendas, há um setor que movimenta a economia e que desconhece a crise. Trata-se do crime. Não costumamos pensar na criminalidade como um fator que contribui para o emprego e a renda de muitas famílias, contudo este é o caso em uma nação com o terceiro maior índice de homicídio intencional do continente. Nesse ranking indesejado, o Brasil receberia uma medalha de bronze (que teria de ser mantida com muito zelo para que não fosse surrupiada). À nossa frente estão apenas a Venezuela e a Colômbia".

Leia mais em:
http://observatoriodaimprensa.com.br/interesse-publico/o-crime-sempre-compensa-para-alguem/